Governo atua na construção coletiva de políticas públicas

A meta é incluir a participação da população na gestão das política

Preocupado em incluir e democratizar a participação popular na gestão pública, o Governo do Estado, por meio da Superintendência de Relações Socais (Supres) da Secretaria de Governo, está se aproximando cada vez mais dos diversos segmentos da sociedade civil. É o que informa a superintendente de Relações Sociais, Núbia Lopes, ressaltando que a Supres funciona como um elo de ligação entre Governo e movimentos sociais, propiciando a participação da população na construção das políticas de ação social, principalmente, no que diz respeito ao planejamento, avaliação e fiscalização destas.

A superintendente destaca que um dos métodos de ação do Governo é o aprimoramento da participação social. "Para isto contamos com o apoio dos conselhos estaduais. "Por dentro dos conselhos, perpassa, de alguma forma, a construção e monitoramento de todas as políticas públicas. Os conselhos também são deliberativos ou consultivos e articulam sociedade civil organizada e Governo. É um espaço institucionalizado e com papéis diferenciados, mas sempre com o intuito de construir e monitorar as ações sociais”, afirmou Núbia, acrescentando que a Supres também articula a formação, em parceria com a Escola de Governo para otimizar a atuação dos conselheiros, a estruturação física e a qualificação institucional.

De acordo com o secretário estadual de Governo, Merlong Solano, governar com a participação popular é uma das metas do Estado. “O diálogo com todos os segmentos da sociedade é essencial na implementação das políticas públicas. As metas sociais devem ter dois olhares: o do Governo e o da sociedade, que é quem mais se beneficia das ações sociais”, declarou Solano.

O gestor explicou que o Governo tem órgãos importantes como a Coordenadoria de Políticas para Mulheres, a Coordenadoria da Juventude e a Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas, que já desenvolvem ações voltadas para públicos específicos. “Os conselhos estaduais auxiliam o Executivo a ampliar o leque de segmentos que serão beneficiados pelas ações sociais”, enfatizou o secretário.

Núbia Lopes explicou que se reúne mensalmente com representantes do Fórum Interconselhos, composto pelos conselheiros governamentais e não governamentais para discutir o planejamento estratégico e a implementação de políticas públicas estaduais. “Ontem tivemos uma reunião com representantes de conselhos estaduais governamentais para fazer este diálogo. Nessas reuniões discutimos pontos importantes de cada conselho para montarmos as pautas que serão encaminhadas ao governador Wellington Dias. Em agosto teremos uma reunião com o governador para debatermos os encaminhamentos das pautas dos conselhos”, explicou a superintendente.

Fonte: Com informações do Portal do Governo