Governo prorroga prazo para vacinação contra a febre aftosa

Segundo Adapi quase 60% do rebanho piauiense foi vacinado

Image title

Tendo em vista o período seco e a estiagem prolongada, a Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) anunciou a prorrogação da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Os agropecuaristas têm até o dia 31 de dezembro para realizar a vacinação do rebanho e até o dia 10 de janeiro de 2016 para fazer a certificação. A prorrogação do prazo foi uma solicitação da Adapi ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento a fim de garantir que todo o rebanho piauiense seja vacinado e que o estado continue sendo área livre da aftosa.

Segundo Antoniel de Sousa, diretor geral da Adapi, quase 60% do rebanho piauiense já foi vacinado. “O rebanho bovino e bubalino piauiense está estimado em, aproximadamente, um milhão e 700 mil cabeças de gado e mais de um milhão de vacinas já foram vendidas. Isso significa que os criadores estão preocupados em manter o Piauí zona livre da aftosa”, explica o diretor.

O criador que deixar de vacinar o rebanho será considerado inadimplente junto às ações da Defesa Sanitária Animal, como informa o gerente de Defesa Animal da Adapi, José Idílio Moura. “Nossos fiscais irão até as fazendas e o criador será autuado e multado pela infração. Eles também não vão poder comercializar os animais e nem poderão emitir a Guia de Trânsito Animal (GTA), que é o documento necessário para trânsito e comercialização de todo e qualquer animal de produção”, explica Idílio Moura.

O gerente informa aos criadores que estavam tendo dificuldades na emissão das GTAs, que o problema já foi solucionado. “Com a liberação do sistema, os criadores que moram em cidades onde não existe um posto da Adapi podem se dirigir às cidades próximas para que a carteira seja emitida”, explica o gerente de Defesa Animal. Idílio Moura informou que a Adapi está presente na capital e interior do estado, com 186 escritórios distribuídos em Unidades Regionais, Unidades de Saúde Vegetal e Animal, Unidades de Atendimento à Comunidade e Postos de Vigilância Agropecuária, que são os postos fiscais.

Expoapi 2015

O diretor da Adapi, Antoniel de Sousa, explica que, para participar de eventos agropecuários, o rebanho tem que estar em dia com a vacinação de febre aftosa. “Se a propriedade tiver bezerras de três a oito meses de idade, também deve estar em dia com a vacinação de brucelose. Os bovinos devem apresentar a GTA para participar de feiras agropecuárias”, explica Sousa.

Antoniel informou que o órgão terá várias equipes de fiscalização durante a 65ª Expoapi, que será realizada de 6 a 13 de dezembro. A fiscalização fará o controle sanitário dos animais por meio do controle de entrada, de saída, recebimento da GTA, recebimento dos exames sanitários necessários para cada espécie e emitindo a GTA de saída do estabelecimento.

Fonte: Ccom