Greve de motoristas provoca prejuízo para comerciantes

Greve de motoristas provoca prejuízo para comerciantes

Quem mais sofre é a população que necessita de serviços públicos

Alguns serviços parados por causa da greve dos motoristas de ônibus em Teresina, iniciada na última sexta-feira, 23, têm gerado à população outros transtornos, a exemplo da diminuição da venda nas paradas de ônibus e no centro comercial da capital.

Fábio Oliveira tem como única fonte de renda um ponto de venda no centro de Teresina. Ele afirma estar no prejuízo porque as vendas despencaram desde a última sexta-feira, 23. ?O sistema de transporte parado é comércio parado. Eu acredito que as vendas estão ruins até para os grandes comércios. Portanto, para todos nós, há uma queda significativa com essa greve em Teresina.?

Apesar do transtorno aparente até mesmo para os grandes comerciantes de Teresina, quem mais sofre é a população que necessita de serviços públicos. ?Está tudo parado. Fui ao banco fazer um pagamento, mas os funcionários não estão trabalhando por causa da greve?, disse uma dona de casa.

Quem precisa pegar ônibus durante a greve, reconhece estar vivendo um calvário. Quem não tiver carona, vai a pé, ou tem que esperar horas por um ônibus.

Fonte: Denison Duarte