Grupo leva golpe de agência de viagens e fica 2 dias sem dinheiro nos Estados Unidos

Grupo leva golpe de agência de viagens e fica 2 dias sem dinheiro nos Estados Unidos

Empresária teve que pedir empréstimo para quitar dívidas no exterior.

O fim de semana foi de alívio para um grupo de turistas brasileiros que voltou para casa depois de passar dias nos Estados Unidos sem dinheiro. Eles compraram pacotes da empresa Trip & Fun, que não pagou as despesas. Eles quase foram despejados do hotel.

Os problemas começaram no momento do embarque, que atrasou cerca de 28 horas. De acordo com a empresária Hilda Almeida, o grupo de 68 pessoas foi informado que deveria deixar o hotel, porque a empresa não havia quitado as dívidas.

Para continuar nos Estados Unidos, a empresária teve que solicitar um empréstimo no Brasil para arcar com as despesas.

?É a viagem dos sonhos, e ter que passar por isso é muito difícil?, diz a estudante Isabela Gual.

A produção tentou falar com a empresa, mas não obteve retorno.

Procon

A Fundação Procon de São Paulo e o Ministério Público estadual informaram no dia 10 deste mês que preparam uma ação coletiva contra a agência de viagens Trip & Fun. Segundo a fundação, a medida deverá ser apresentada à Justiça nas próximas semanas.

Seis mil pessoas podem ter sido lesadas pela agência, segundo um funcionário da empresa. Sob condição de anonimato, ele aceitou conversar por telefone com a reportagem do SPTV no dia 5 e disse que o problema é muito maior que os relatados por um grupo de estudantes no começo do mês.

Cento e sessenta adolescentes foram avisados em cima da hora do cancelamento da viagem para Cancun, no México. Cada um pagou, em média, R$ 5 mil por um pacote de oito dias em um resort cinco estrelas. A empresa também é acusada de descumprir contratos firmados na venda de pacotes para a Disney, nos Estados Unidos, e Bariloche, na Argentina.

Por causa disso, a Trip & Fun foi suspensa do quadro de associados da Associação Brasileira de Agências de Viagens de São Paulo (Abav-SP). A Polícia Civil informou que irá indiciar os diretores da Trip & Fun por estelionato.

Por meio de nota, a agência informa que os clientes que estão no exterior retornarão ao Brasil nas datas previstas e que "nenhum embarque será realizado até que a empresa seja reestruturada". Procurados por um telefone disponível em seu site, nenhum representante da agência foi encontrado.

Fonte: G1