Grupo Ser Educacional foi eleito empresa do ano

Esta premiação representa, em primeiro lugar, o reconhecimento do trabalho realizado por todos que fazem parte do Grupo Ser Educacional

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA TERÇA-FEIRA (04) DO JORNAL MEIO NORTE

O Grupo Ser Educacional, mantenedor das Faculdades Maurício de Nassau, Faculdades Joaquim Nabuco, da UNINASSAU (Centro Universitário Maurício de Nassau) e da UNAMA (Universidade da Amazônia), foi eleito a Empresa do Ano, no prêmio “As Melhores do Middle Market 2014”, da Isto é Dinheiro. Além da premiação principal, ao grupo levou ainda o prêmio especial de “Melhor Gestão Financeira”, além de também ser vencedora na categoria Educação.

“Esta premiação representa, em primeiro lugar, o reconhecimento do trabalho realizado por todos que fazem parte do Grupo Ser Educacional. Um trabalho que está dando certo. Sempre pensamos o Grupo com governança corporativa, práticas de gestão bem definidas e preocupação em manter a qualidade de serviços. Ser eleita como “A empresa do Ano”, por um veículo com a credibilidade da revista IstoÉ Dinheiro e entre mais de 1300 concorrentes, é, também, agregar valor e confiança a nossa marca. Do ponto de vista do mercado, sabemos que as médias empresas são as principais geradoras de empregos formais no Brasil (15%): no Ser Educacional são mais de 7 mil colaboradores”, disse Janguiê Diniz, Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional.

Sendo a única empresa a ganhar mais um prêmio nas duas edições do evento, o Grupo Ser Educacional concorreu para o prêmio principal com os outros vencedores das categorias individuais. Janguiê explica que esse resultado se deve ao crescimento do grupo nos últimos anos e aos objetivos ousados traçados por quem faz a empresa.

“ Quando implantamos a governança corporativa, em 2008, tínhamos o objetivo bem traçado de ser um dos maiores grupos de educação do Brasil. Para o processo de abertura de capital, realizado em 2013, foi exigido ter rígidos métodos de gestão financeira, que já possuíamos graças à governança corporativa que já executávamos. Sempre buscamos os níveis de excelência, tanto em gestão quanto em prestação de serviços. Investimos em tecnologia, controle de custos, incentivamos nossos colaboradores e alunos a ser ainda mais capacitados e o resultado aparece nos nossos números”, afirmou.

O prêmio “As melhores do Middle Market” é distribuído em 32 categorias que representavam setores da economia, foram avaliadas 1.352 empresas de médio porte em expansão e com receita líquida entre R$ 70 milhões e R$ 500 milhões por ano, sendo considerados os dados de 2013, e considerando critérios como balanço financeiro, aspectos de crescimento, governança corporativa, inovação, sustentabilidade e práticas de recursos humanos.

Fonte: Pollyana Carvalho