Grupo voluntário de ajuda psicológica realiza bazar em Teresina

Sem ajuda governamental, o grupo organizou um bazar nesta quarta-feira (3) para angariar fundos afim de aumentar a divulgação do trabalho realizado pelo CVV no Piauí.

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUINTA-FEIRA (04) DO JORNAL MEIO NORTE.

Fundado há 53 anos, sendo desses 29 anos presentes no Piauí, o Centro de Valorização da Vida – CVV, tem como seu principal intuito ajudar pessoas em situação de dificuldade emocional, principalmente prevenindo o suicídio. Sem ajuda governamental, o grupo organizou um bazar nesta quarta-feira (3) para angariar fundos afim de aumentar a divulgação do trabalho realizado pelo CVV no Piauí.

Segundo a Coordenadora do Centro de Valorização da Vida, Thais Pessoa, o bazar é também um meio de fazer com que pessoas de baixíssima renda possam se presentear: “Nós organizamos esse bazar aqui na Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social – SEMTCAS, para termos contato com pessoas que não podem comprar roupas em lojas e ajudar elas nesse período a comprar roupas e sapatos.”

Com roupas e sapatos custando entre R$1 e R$5, o evento fez sucesso entre as pessoas que iam até o prédio buscar serviço de assistência social, como foi o caso de Raimundo Sousa: “Vim trazer minha mãe para renovar o cadastro dela e vi o bazar. Aproveitei e já comprei umas peças de roupa para ela, para e mim e para dar de presente no natal. Tudo isso por R$10,00.”

Fonte: Victor Costa