Guilherme de Pádua fala sobre assassinato de Daniella Perez em programa de televisão

Guilherme de Pádua fala sobre assassinato de Daniella Perez em programa de televisão

Pádua confessa a participação no crime e dá mais detalhes do assassinato.

Vinte anos depois de chocar o país ao matar a atriz Daniella Perez (1970-1992), filha da autora Gloria Perez, Guilherme de Pádua dará detalhes do assassinato ao jornalista Marcelo Rezende, no quadro "Grande Reportagem", do "Domingo Espetacular" (Record), de hoje. Após seis meses de negociação, o ator aceitou conversar com Rezende.

Na entrevista exclusiva, realizada no começo deste mês em Belo Horizonte, Pádua confessa a participação no crime e dá mais detalhes do assassinato. Em 1992, ele e Paula Thomaz, que tinham 23 e 19 anos, respectivamente, mataram Daniella com 18 golpes de tesoura. Pádua e a atriz estavam no elenco de "De Corpo e Alma".

Pelo crime, ele foi condenado a 18 de prisão: porém, após seis anos de reclusão, foi solto em regime de liberdade condicional. Em abril de 2010, Pádua causou polêmica ao participar do "Programa do Ratinho (SBT). Na ocasião, ele afirmou que gostaria de pedir perdão a Gloria Perez. A atual autora de "Salve Jorge", na época, criticou o apresentador do SBT por ter dado espaço ao assassino de sua filha.

Fonte: F5