Hackers conseguem destravar carros por meio de mensagem

Alarmes estão cada vez mais conectados com as redes de telefonia

Com os alarmes, aparelhos de GPS e outros dispositivos cada vez mais conectados com a rede de telefonia celular, hackers de computadores conseguem destravar um veículo e ligá-lo a partir do envio de uma simples mensagem para sua central eletrônica.



Pesquisadores da Partners iSEC demonstraram um ataque a um Subaru Outback equipados com um sistema de alarme vulnerável. Com um laptop sobre o capô, eles enviaram comandos ao sistema do automóvel para destravar as portas e, em seguida, dar partida no motor.

A descoberta mostra que as mensagens não estão mais limitadas a pequenas notas informativas. Elas podem ser um meio de ataque, pois os aparelhos não podem recusar os textos e os comandos codificados neles contidos. Os usuários não podem bloquear as mensagens, apenas os operadores das redes de telefonia conseguem.

A pesquisa é inquietante, pois mostra que os ataques são possíveis em uma variedade de outros dispositivos que usam chips de comunicação sem fio, como caixas eletrônicos e até mesmo semáforos. Hackers já enviaram textos especialmente criados com comandos instantaneamente desconectar iPhones a partir da rede celular.

Os consultores de Don Bailey e Mat Solnik, responsáveis pela pesquisa, estão trabalhando com um fabricante de sistema de alarme de carro para consertar suas vulnerabilidades. Para Bailey, são necessárias normas de segurança mais rigorosas.

Fonte: G1