Helicóptero chega a Fernando de Noronha com 12 corpos de vítimas do acidente

Helicóptero pousou por volta das 7h20 em Fernando de Noronha com 12 dos 25 corpos de vítimas da queda do Airbus do vôo AF 447 da Air France

Um helicóptero Super Puma pousou por volta das 7h20 em Fernando de Noronha com 12 dos 25 corpos de vítimas da queda do Airbus do vôo AF 447 da Air France resgatados pela fragata Bosísio. A Marinha e a Aeronáutica afirmaram na quarta-feira que os corpos serão preparados e depois encaminhados ao Recife. A embarcação está a 20 milhas do arquipélago e espera o helicóptero para transportar os outros 13 corpos.

Segundo a Marinha e a Aeronáutica, nesta quinta-feira apenas o Super Puma será utilizado para o transporte dos corpos. O outro helicóptero que está na ilha, um Black Hawk, irá fazer a troca da equipe da fragata.

Na quarta-feira, 16 corpos de vítimas do AF 447 foram transportados para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife por três carros. Além de contar com 329 papiloscopistas, 105 médicos legistas e 167 peritos, o IML recebeu o reforço de especialistas de Alagoas, Ceará, Paraíba e da Polícia Federal. Um perito francês também irá acompanhar os trabalhos, para evitar que todos os procedimentos tenham que ser refeitos no âmbito do inquérito aberto na França.

O acidente

O Airbus A330 saiu do Rio de Janeiro no domingo (31), às 19h (horário de Brasília), e deveria chegar ao aeroporto Roissy - Charles de Gaulle de Paris no dia 1º às 11h10 locais (6h10 de Brasília).

De acordo com nota divulgada pela FAB, às 22h33 (horário de Brasília) o vôo fez o último contato via rádio com o Centro de Controle de Área Atlântico (Cindacta III). O comandante informou que, às 23h20, ingressaria no espaço aéreo de Dakar, no Senegal.

Às 22h48 (horário de Brasília) a aeronave saiu da cobertura radar do Cindacta, segundo a FAB. Antes disso, no entanto, a aeronave voava normalmente a 35 mil pés (11 km) de altitude.

A Air France informou que o Airbus entrou em uma zona de tempestade às 2h GMT (23h de Brasília) e enviou uma mensagem automática de falha no circuito elétrico às 2h14 GMT (23h14 de Brasília). A equipe de resgate da FAB foi acionada às 2h30 (horário de Brasília).

Desde a manhã de sábado, foram localizados 41 corpos próximos ao local onde a aeronave emitiu as últimas notificações. As vítimas são levadas até Fernando de Noronha por embarcações da Marinha.

Fonte: Terra, www.terra.com.br