Helicóptero militar equatoriano pega fogo em cerimônia

A aeronave participava da cerimônia de 89 anos de criação da Força Aérea equatoriana

Um helicóptero que participava hoje de uma cerimônia da Força Aérea equatoriana caiu em Quito, depois que uma parte do mesmo pegou fogo, informou a rádio "Sonorama".

O helicóptero caiu na pista da base aérea e não se sabe ainda o estado dos tripulantes da aeronave, afirmou a emissora, indicando que foi um dos sete helicópteros que o Equador recentemente comprou da Líbia.

A aeronave participava da cerimônia de 89 anos de criação da Força Aérea equatoriana, na qual estava presente o vice-presidente do país, Lenín Moreno, o atual presidente em funções, devido a uma viagem internacional do chefe de Estado, Rafael Correa.

Segundo a emissora, o incêndio em voo começou na parte posterior do helicóptero, por causas ainda desconhecidas.

Não foi informada ainda uma versão oficial sobre o acidente que ocorreu no norte de Quito.

A correspondente da "Sonorama", presente na base aérea, disse que, aparentemente, o piloto conseguiu manobrar a aeronave para evitar que esta caísse sobre o setor onde acontecia o desfile militar.

Afirmou que o helicóptero militar, sobre o qual não se sabe, por enquanto, o número de seus tripulantes, caiu em uma área afastada da pista.

Fonte: Terra, www.terra.com.br