Hemopi prepara campanha para doações no Carnaval

A Igreja Batista do Jóquei mobilizou mais de 20 membros para realizarem doação

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) tem enfrentado uma baixa em seus estoques, comprometendo a realização de cirurgias em hospitais públicos e privados de todo o Estado. A assistente social e ouvidora do Hemopi, Miriam Lages, disse que o Hemocentro dificilmente consegue atingir a meta diária de 200 bolsas de sangue de qualquer tipo. Mesmo com alguns dias de movimentação intensa, a média de arrecadação está em 170.

?Fornecemos sangue para todas as cidades do Piauí e parte do Maranhão. Com o estoque que temos é inviável manter todos os locais abastecidos?. Ainda de acordo com a ouvidora, o tipo sanguíneo de maior demanda é O+, cujo estoque ideal é de 69 bolsas por dia. No sábado (08), apenas 39 bolsas eram deste tipo. No entanto, a solidariedade sempre floresce em tempos difíceis. A Igreja Batista do Jóquei mobilizou mais de 20 membros para realizarem doação, ontem, em uma campanha especial. Contudo, os líderes da igreja sempre incentivam seus membros à doação fidelizada em qualquer época do ano.

Lucilene Araújo Marques, membro da comissão de ação social da igreja, afirma que já é um hábito a doação de sangue pelos membros da igreja. ?Além da campanha anual fixa, sempre que o Hemopi precisa nos mobilizamos, pois é um papel da igreja ter expressões de amor ao próximo e dar exemplos de solidariedade aos nossos filhos?, disse. Também membro da Igreja Batista, Glads Mara Ramos se tornou uma doadora fidelizada desde 2011 e está sempre disposta a ajudar. ?Eu faço isso por me sentir tocada em ajudar o próximo, por isso tenho o compromisso de doar sangue?.

Miriam Lages reforçou que o Hemocentro é mantido através da solidariedade de instituições que têm oferecido muito apoio nos períodos de baixa no estoque e incentiva mais ?rolezinhos? de doadores no Hemocentro. ?Como estratégias para arrecadar doações, nós temos apenas essas importantes parcerias, a divulgação, além do acolhimento e carinho que oferecemos a qualquer pessoa que nos procura?, reforçou a ouvidora.

Campanha de Carnaval estimula doações

O Hemocentro está se preparando para a campanha especial voltada para o Carnaval, que vai estimular as pessoas que ficam na cidade a realizarem a boa ação.

A divulgação nesses dias será intensificada. As atividades iniciam no dia 24 de feveiro. No dia 26, o local receberá a visita dos Rei Momo e da Rainha do Carnaval de Teresina -2014.

A assistente social Miriam Lages reforça que o período de Carnaval é um dos que mais demandam bolsas de sangue e onde as doações tendem a ter uma baixa significativa. O Hemopi funciona de segunda a sábado, inclusive feriados, das 7 horas às 18 horas, e está localizado na Rua Primeiro de Maio, 235, Centro-Sul de Teresina.

Para ser doador basta ter entre 16 a 69 anos, pesar a partir de 50 Kg e estar em boas condições de saúde. É preciso levar um documento original com foto e participar da triagem que é realizada antes das doações. Homens podem repetir doações a cada dois meses e mulheres, a cada três meses. (S.R.)

Fonte: Samira Ramalho