Herança genética e fatores psicológicos podem causar o alcoolismo

Doença também pode ter como causas a depressão, dificuldade de superar problemas

Um dos maiores problemas de saúde do mundo, o alcoolismo, gera grandes prejuízos sociais e traz amplo impacto em diversos campos, desde custos médicos até o absenteísmo, que impacta na produtividade das empresas. Suas causas estão associadas direta ou indiretamente a questões genéticas e a questões psicológicas.

Segundo o psiquiatra da Beneficência Portuguesa de São Paulo, Dr. Carlos Augusto Galvão, a genética não só transfere o chamado "gene do alcoolismo", como também outras doenças que podem provocar a dependência. "Por ser um sedativo, o álcool traz conforto psíquico. Pessoas com depressão, pânico e disritmia cerebral podem apresentar predisposição para o consumo da droga.

A dificuldade em lidar com alguma questão social específica também pode causar a doença. O especialista explica, "desemprego, separação conjugal e falecimento de ente querido são casos comuns que geram o alcoolismo. Porém, existem outras razões que também podem provocar o vício, por exemplo, homens que sofrem de ejaculação precoce e se tornam dependentes do álcool pela droga auxiliá-los a ter uma relação sexual mais duradora."

Fonte: maxpress