Homem ciumento usa poodle da família para bater na própria mulher até a morte; do cão

Durante uma crise de ciúme, o marido agredia a mulher com tapas e chutes

Um cão poodle foi usado como arma durante a agressão a uma mulher de 22 anos por parte de seu marido, de 45 anos. O fato ocorreu na noite desta terça-feira (21), em Caxias do Sul (125 km de Porto Alegre), na Serra Gaúcha.

Durante uma crise de ciúme, o marido agredia a mulher com tapas e chutes, quando resolveu atacá-la com a cachorrinha poodle do casal, de dois anos, pesando aproximadamente dois quilos. A fúria foi tamanha, que o animal acabou morrendo ao ter a cabeça ferida no corpo da mulher.

?Ele pegou o cachorro que estava deitado na cama e bateu na mulher até matar o animal?, afirmou a delegada titular da Delegacia para a Mulher de Caxias do Sul, Thais Norah Sartori Postiglione.

A jovem agredida conseguiu se desvencilhar das agressões e procurar ajuda. Ela está passando por exames de corpo de delito, na tarde desta quarta-feira, e voltará à delegacia para prestar novo depoimento.

O agressor, cuja profissão não foi informada, está afastado do trabalho para tratamento de saúde. O motivo do ciúme é a suspeita do marido de que a esposa, que é cobradora de ônibus, tenha um caso com outro homem. ?Ele ainda disse para ela que é isso seria só o começo?, informou a delegada.

O agressor deve ser denunciado por ameaça, lesão corporal de violência doméstica e maus tratos contra os animais, majorado pela morte do cão.

Fonte: UOL