Homem doa parte do fígado para desconhecida e se casam 1 ano depois

Após os exames, constatou-se que ele era o doador perfeito.

Um caso no mínimo curioso veio à tona no estado de Illinois, Estados Unidos. Quando Heather Krueger tinha 25 anos, ela teve uma doença que atingiu o fígado. Os médicos deram apenas mais dois meses de vida caso ela não encontrasse um doador compatível. Nesse tempo, Chris Dempsey, que trabalhava na Marinha, soube que uma prima de um amigo precisava de um transplante e resolveu fazer um teste para ajudá-la.

Após os exames, constatou-se que ele era o doador perfeito. “Eu fiquei quatro anos na Marinha e aprendi a nunca fugir de nada. Então fui ajudá-la”, contou Chris à emissora CBS. Quando descobriu que poderia se curar, Heather não acreditou. “Minha mãe começou a chorar, eu sabia que ele era um candidato forte, mas só pude acreditar quando ele ligou para avisar”, disse.

Os dois se conheceram apenas no hospital. Após oito horas de operação, tudo estava perfeito. Meses depois, ela se recuperou bem, mas os dois nunca mais se falaram. “Após a cirurgia, eu percebi que queria ficar junto”, contou Heather. Depois de alguns encontros, Chris pediu HEather em casamento. “Você acreditou em mim e me fez sentir maravilhosa todos os dias. Por sua causa, eu sorrio e posso sonhar novamente”, disse a esposa ao marido.
Image title
Image title

Fonte: Com informações do Metropoles