Homem é morto por cães pitbull ao fazer leitura de relógio de luz

Walter Rodrigues trabalhava para a empresa Engelmig e fazia a leitura do relógio de energia quando foi atacado.

Um homem de 54 anos, terceirizado da Empresa Energética de Mato Grosso do Sul (Enersul), morreu nesta segunda-feira ao ser atacado por três cães, um deles da raça pitbull, em um sítio na cidade de Fátima do Sul, a 237 Km de distância da capital, Campo Grande. Walter Rodrigues trabalhava para a empresa Engelmig e fazia a leitura do relógio de energia quando foi atacado.

O sítio fica no distrito de Culturama, na rodovia MS-147. A vítima estacionou a motocicleta no quintal do imóvel, onde não havia ninguém no momento do incidente. Ao perceber os animais enfurecidos, o homem correu em direção à porteira do sítio, mas caiu no meio do caminho, sendo atacado pelos cães.

A vítima era presidente do Partido Social Liberal (PSL) em Fátima do Sul. Um dos cães fugiu e outro foi morto pela Polícia Militar ao tentar atacar os policiais. O dono do sítio disse que nenhum dos cachorros havia apresentado comportamento agressivo.

Fonte: Terra