Homem é velado por engano duas vezes em cidade no interior de SP

Foi velado duas vezes em três dias

Um homem que tem entre 50 e 60 anos, que morreu atropelado, foi velado duas vezes em três dias. Em Icém, a 496 quilômetros de São Paulo, na região de São José do Rio Preto e depois foi velado em Bebedouro que fica a 381 quilômetros de São Paulo, próximo a Ribeirão Preto. As informações são da Folha de São Paulo deste sábado.

No primeiro velório, a família reconheceu o corpo e o velou da 1h até às 8h desta terça. Apesar disso, durante o velório o filho recebeu uma ligação dizendo que o pai estava vivo, e confirmou a informação chegando na cidade.

No segundo velório a família de Eduardo Coelho, de 54 anos, velou o corpo nesta sexta, das 0h até às 12h. Eliane Coelho, irmã de Eduardo suspeitava que fosse seu irmão, que estava desaparecido desde 30 de abril. A família tinha dúvidas, apesar de ser muito parecido com Eduardo. Então, o exame feito confirmou que não era Eduardo.

O corpo foi levado de volta a Ribeirão Preto, cidade do interior de São Paulo, onde aguardam a identificação.

Fonte: Terra