Homem faz post para descrever o que é cuidar do lar e da filha

Diz ele que teve “o privilégio” de ficar 30 dias em casa.

Você até pode achar que, em pleno século XXI, não deveríamos estar tendo esta discussão. Mas, infelizmente, precisamos dela e, felizmente, ela está cada vez mais presente no dia a dia das pessoas.

Dessa vez foi Jair Cidral, um homem que vive em Blumenau, Santa Catarina, e acaba de ser pai. Diz ele que teve “o privilégio” de ficar 30 dias em casa para poder cuidar de sua filha. E o que ele aprendeu, e é um importante ensinamento para qualquer homem, é que precisamos praticar a arte da empatia, julgar menos e se colocar mais na pele do outro.

O preconceito que existe com as donas de casa é próprio de quem não faz nenhuma dessas coisas e que, pior, não tem ideia do trabalho que elas fazem. Chegar a casa “cansado do trabalho” é legítimo, mas cuidar do lar e dos filhos – com suas trocentas obrigações – é dever.

Image title

Image title

Fonte: Hypeness