Homem é flagrado saindo de cova e afirma que se enterrou porque estava bastante deprimido; fotos

Homem é flagrado saindo de cova e afirma que se enterrou porque estava bastante deprimido; fotos

Clóvis deu entrada no Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos consciente, mas desorientado

A GCM (Guarda Civil Municipal), de Ferraz de Vasconcelos, foi acionada por uma senhora que ouviu um homem pedindo socorro. Segundo a mulher, ele estava enterrado vivo em uma cova do Cemitério Parque do Cambiri.

No local, os guardas constataram que a vítima havia se enterrado. Durante o relato registrado no boletim de atendimento, Clóvis, de 41 anos, disse que se enterrou porque não suportava mais tantos problemas e queria dar um fim a sua vida.

Um sobrinho de Clóvis contou aos guardas que ele sofre de transtornos psiquiátricos. A Prefeitura da cidade declarou em nota que o homem que foi encontrado no cemitério foi trazido do município de Mauá, após se envolver em uma suposta briga. Ele não é morador de Ferraz de Vasconcelos, nem trabalha para o município.

A Secretaria Estadual de Saúde afirmou que o paciente Clóvis deu entrada no Hospital Regional de Ferraz consciente, mas desorientado. Ele passou por avaliação clínica e psiquiatra, em seguida foi liberado.


Homem flagrado saindo de cova diz que se enterrou porque estava deprimido

Homem flagrado saindo de cova diz que se enterrou porque estava deprimido

Homem flagrado saindo de cova diz que se enterrou porque estava deprimido

Fonte: r7