Homem morre ao cair de penhasco quando tentava pegar uma flor

Homem morre ao cair de penhasco quando tentava pegar uma flor

Irmã da vítima conta que o casal costumava ir ao vale onde ele se acidentou.

Silvana Aparecida Toledo, irmã de Odair Francisco de Oliveira, que morreu depois de cair de um penhasco quando tentava pegar uma flor para a namorada, disse que a jovem está em choque. "Ela chora muito, não tem como falar no assunto", contou. Ela é servidora da Prefeitura de Joaquim Távora, no Norte do Paraná.

O acidente foi na tarde de sábado (9), por volta das 15h. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o homem estava passeando com a namorada no "Vale da Pirambeira" e teria escorregado de uma altura de 40 metros ao tentar alcançar uma orquídea para a moça.

Segundo Silvana, o irmão de 38 anos saiu da casa da mãe, onde ele morava, às 13h para passear com a namorada, que tem 25 anos. "Eles sempre iam lá, nos fins de semana, buscar flores. Foram a pé", disse. O casal namorava há mais de três anos.

De acordo com Silvana, após o acidente, a jovem desceu "na beira do asfalto para pedir ajuda".

O sargento do Corpo de Bombeiros Luiz Souza disse que o resgate durou cerca de quatro horas e que a vítima foi encontrada com vida, mas acabou sofrendo uma parada cardíaca durante o trabalho de resgate. Souza informou que o vale é bastante visitado pela população do município.

Odair foi enterrado às 15h de domingo (10), no Cemitério Municipal de Joaquim Távora.

Silvana contou que visitou a namorada do irmão na manhã desta segunda-feira (11) e que ela "estava muito abatida e não falou muito". O laudo do Instituto Médico Legal de Jacarezinho sobre a causa da morte do servidor deve sair nesta terça-feira (12).

Fonte: G1