Homem preso acusado de torturar pais passa mal e morre no HUT

Foi preso acusado de maltrar e manter os pais em cárcere porivado.

Francisco das Chagas Marques de Pinho, 53 anos, preso acusado de torturar e manter seus pais em cárcere privado, morreu no Hospital de Urgências de Teresina (HUT), após sofrer  um mal-estar dentro da cela de triagem da Central de Flagrantes.

O coordenador da Central, delegado Luciano Alcântara, informou que Chagas  foi encontrado desacordado, socorrido por uma equipe do Samu e em seguida levado para o Hospital de Urgência de Teresina, onde veio a óbito. "Ele foi encontrado desorientado por volta das 17 horas de sexta-feira e no início suspeitava-se de derrame, mas as causas ainda não foram confirmadas", informou. 

Na terça-feira (10), policiais realizaram a prisão de Chagas Marques de Pinho, acusado de maltratar e manter os próprios pais em cárcere privado, no bairro Parque Piauí, zona Sul da capital.

As vítimas, Júlio Marques Pinho e Maria de Moura Silva, possuem mais de 80 anos de idade.  Os dois receberam apoio de amigos e familiares e foram retirados da residência. 



Fonte: Portal Meio Norte