Homem protesta contra sujeira e pendura "corda de ratos" na entrada de Secretaria de Saúde

Homem protesta contra sujeira e pendura "corda de ratos" na entrada de Secretaria de Saúde

Ele reclama da situação de insalubridade do quintal de uma vizinha.

Um homem surpreendeu os funcionários da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea do Poço, cidade a 331 km de Salvador, ao pendurar uma corda feita com onze ratos na entrada principal do órgão na terça-feira (17). O caso foi parar na polícia, que mediou a negociação entre as partes.

"O comportamento dele não caracteriza infração penal. Ele foi ouvido e disse que foi ao extremo para chamar atenção da Vigilância Sanitária, pedindo providências. Representantes da Secretaria de Saúde foram ouvidos e o caso agora está na esfera administrativa", afirma o delegado João Jaques Valois.

Procurado, o coordenador da Vigilância Sanitária do município, Alex Oliveira, informou que desde 2012 o homem procurava a entidade para se queixar da situação de insalubridade do quintal de uma vizinha.

"De fato ele veio aqui, fez uma reclamação, nós comprovamos a veracidade do caso e estivemos com a proprietária, que se comprometeu a ajustar o terreno. Isso foi em 2012, mas com o tempo voltou a mesma situação. Ele nos procurou novamente e ficamos de acionar o Ministério Público, temos tudo arquivado. Dei um relatório a ele, que ficou de pegar algumas fotos e não apareceu. Achamos que estava tudo resolvido", diz Alex, coordenador da vigilância na cidade.

A vigilância informou ainda que no quintal da casa vizinha à do homem são criados animais como galinhas e cachorros, em meio a muitos entulhos, atraindo ratos e insetos principalmente no período de chuva. A reportagem tentou contato por telefone com o homem envolvido no caso, mas não conseguiu.



Fonte: G1