Homem tem 100% do corpo queimado após explosão em usina no MT

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o fogo teve início às 16h, quando um dos funcionários da fábrica desligou uma das máquinas catalisadoras

Um incêndio provocado por uma explosão na usina de biodiesel Cooperbio, situada no Distrito Industrial em Cuiabá (MT), deixou três funcionários feridos na quarta-feira. Uma das vítimas, Valdir Dias Alves, permanece em estado grave na UTI. Dias sofreu queimaduras em 100% do corpo e passou por cirurgia.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o fogo teve início às 16h, quando um dos funcionários da fábrica desligou uma das máquinas catalisadoras de um tanque de aproximadamente 4 mil litros de uma mistura de metanol, hidróxido de amônia e sódio - produtos utilizados na fabricação de biodisel. Um curto circuito seria a possível causa da explosão.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e as chamas contidas por volta das 19h, com o uso de uma espuma mecânica. Uma equipe da Defesa Civil também esteve no local com equipamentos detectores de gases, auxiliando o trabalho dos bombeiros.

O coordenador de atendimento a acidentes ambientais da Defesa Civil, João Carlos Rocha, explicou que o órgão fez nesta manhã perícia técnica na usina para analisar os danos ambientais, e a orientação é de que ninguém entre na planta com fontes de ignição, como celulares e lanternas.

"Fizemos a medição e não encontramos gases e vapores no local. Todavia, é necessário manter a precaução de ninguém entrar no local com fonte de ignição. Já retiramos 16 mil litros de água e óleo vegetal que transbordou do tanque e espalhou na planta", afirma Rocha. Ele destacou que foram detectados danos ambientais na água e no solo com o derramamento do produto químico e que a equipe da Defesa Civil está fazendo o trabalho de remoção.

Fonte: Terra, www.terra.com.br