Homem viciado em sexo passa por “castração” para salvar casamento

O homem confessou que isso foi a melhor coisa que aconteceu

Um norte-americano de 62 anos, “viciado em sexo”, passou por uma castração química para salvar seu casamento.

Image title

Segundo informações o homem decidiu buscar a ajuda do médico psiquiatra Renee Sorrentino após sua mulher descobrir as constantes traições ocorridas nos últimos oito anos de casamento. O médico prescreveu um medicamento que reduz a quantidade de testosterona do corpo, assim sua vontade de sexo diminuiria.

Depois da “castração” o homem confessou que isso foi a melhor coisa que aconteceu na sua vida: “Isso foi fantástico, salvou meu casamento.”. 

Fonte: Mundo Conectado