Horas depois de enterro, IML remove corpo do cemitério da cidade de Altos

O remoção aconteceu por volta das 19:30h desta quinta-feira (02).

Em Altos, a 40 km de Teresina, um corpo, supostamente de um rapaz identificado por José Francisco do Nascimento, conhecido como “Zezim”, foi removido pelo Instituto Médico Legal – IML, pouco depois de ser sepultado no Cemitério São José, no centro do município. O remoção aconteceu por volta das 19:30h desta quinta-feira (02).

De acordo com a Delegada Alexandra Santos, titular do 14º Distrito Policial, o sepultamento foi feito de maneira ilegal. Ela informou que o corpo só poderia ser enterrado após procedimento do IML. “Ocorre que a família recolheu o corpo do local onde foi encontrado antes da chegada dos agentes do instituto. Daí os familiares realizaram o enterro sem que antes o corpo passasse pelo IML e fossem adotados os procedimentos legais", observou.

A delegada também explicou que o procedimento não se trata de uma exumação. “Na verdade o IML apenas fez uma remoção do corpo, diferentemente do processo de exumação, que pressupõe concessão de medida liminar”, informou.

A polícia esteve na Localidade Campeiras, que se localiza entre os municípios de Altos e Alto Longá, local onde os restos mortais de José Francisco foram encontrados. Os trabalhos de perícia também foram realizados, mas, possivelmente pela demora do IML, a própria família resolveu remover o corpo.

A reportagem tentou falar com os familiares, mas, até o fechamento desta matéria, não conseguiu contato. O espaço está disponível para mais esclarecimentos.

Fonte: Portal Altos