Hospital da Primavera discute úlcera por pressão (feridas)

A discussão foi feita com estudantes de fisioterapia

Nesta segunda-feira (23), o Hospital da Primavera, em parceria com os estudantes de fisioterapia de universidade particular de Teresina, realizaram roda de conversa pra alertar profissionais,  pacientes e acompanhantes sobre a importância de reposicionar o paciente que passa longas horas acamado e/ou sentado. A medida visa evitar o surgimento da úlcera por pressão (feridas) no corpo.

Segundo Marlene de Moura Fé, diretora geral do Hospital da Primavera, o compartilhamento de informações é fundamental para o combate ao problema: “É importante que haja a conscientização de que o paciente que fica por grande período de tempo acamados ou sentado precisa mudar de decúbito (posição) no período de 2 em 2 horas para evitar estas lesões (feridas) que causam dor, sofrimento e muitas vezes necessitam de intervenção cirúrgica.” , afirma.

Para Leonildes Martins da Silva, que está acompanhando paciente internada no hospital da Primavera, a Roda de Conversa foi esclarecedora: “O evento foi muito importante, descobri o que acontece se a pessoa não mudar de posição”, conta.

 ULCERA POR PRESSÃO

A úlcera por pressão consiste em lesão de pele causada pela interrupção sanguínea em uma determinada área, que se desenvolve devido a forças de pressão, aumentadas por um período prolongado. Entre as principais causas da úlcera por pressão, está a imobilidade prolongada, verificada nos casos de pacientes acamados e com lesão medular que permanecem na mesma posição por um longo período. No Brasil, apesar dos avanços científicos, a úlcera por pressão corresponde a importante causa de morbidade e mortalidade

Fonte: Portal MN