Hospital Getúlio Vargas realizou mais de mil cirurgias em setembro

A média de cirurgias realizadas no hospital era de 750 cirurgias

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) ampliou a oferta de exames para pacientes que não estão internados no hospital e, pela segunda vez consecutiva, atinge a meta de realizar mais de mil cirurgias, totalizando 1.160 procedimentos em setembro. Desde a saída do Serviço de Pronto Socorro (SPS) em 2008, que a média de cirurgias realizadas no hospital era de 750 cirurgias/mês.

Segundo a diretora geral, Clara Leal, isso somente foi possível devido a um esforço conjunto entre Secretaria Estadual da Saúde e HGV, representando um avanço na gestão e na assistência. “Com o apoio da Secretaria de Saúde, conseguimos ampliar o volume cirúrgico e a oferta de serviços como consultas e exames. Fizemos um incremento em torno de 45,5 % na oferta de consultas e, agora, estamos ampliando também a oferta de exames como endoscopia digestiva, colonoscopia, ressonância magnética, ecocardiograma, eletrocardiograma e biópsia de útero e coloscopia”, ressalta.

A meta é reduzir o tempo de espera por uma consulta e exame especializado e intensificar a realização no número de cirurgias eletivas. “A previsão é concluir a ampliação de mais sete salas cirúrgicas em 2016, assim, o HGV poderá contribuir ainda mais como hospital retaguarda”, explica a diretora.

O relatório do mês de setembro/2015 registrou aumento também nas áreas de Ortopedia, com 306 cirurgias; Clínica Cirúrgica, com 144 procedimentos realizados; seguida da Oftalmologia, com 157; Urologia, com 137 e Vascular, com 127 cirurgias. E também nas áreas de Otorrinolaringologia, com 77; Neurologia, com 36; Plástica, com 31, e Buco-maxilo, com 18 procedimentos.

Fonte: Jornal Meio Norte