Hospital veterinário está sendo investigado por maus tratos

A denúncia já foi encaminhada para o Ministério Público Federal, para o Conselho Regional de Medicina Veterinária e ainda para a UFPI

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA TERÇA-FEIRA (29) DO JORNAL MEIO NORTE

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB - PI) recebeu uma denúncia anônima de que está havendo maus tratos a animais, durante as aulas práticas do curso de Medicina Veterinária, da Universidade Federal do Piauí. A denúncia já foi encaminhada para o Ministério Público Federal, para o Conselho Regional de Medicina Veterinária e ainda para a Universidade Federal do Piauí.

De acordo com a denúncia, os maus tratos acontecem durante as aulas práticas da disciplina de Fisiologia, que são ministradas nos laboratórios do curso. Os animais estariam sendo maltratados durante as aulas e os laboratórios não estariam de acordo com a norma vigente, apresentando condições inadequadas em sua estrutura física. Diante disso, a OAB estendeu o pedido de fiscalização e apuração também ao Hospital Veterinário da UFPI.

?Essa denúncia que chegou para nós em relação aos laboratórios do curso, nos fez atentar também para a questão do atendimento a esses animais no Hospital Veterinário, então vamos também buscar a fiscalização desse espaço?, disse o vice-presidente da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Ordem dos Advogados do Brasil da OAB-PI, Esdras Nery.

Ao receber a denúncia, o Conselho Regional de Medicina Veterinária nomeou uma comissão para visitar tanto os laboratórios do curso, quando o Hospital Veterinário. Segundo o presidente do Conselho, Antônio Auro, não foram encontradas irregularidades nos laboratórios. ?Essas aulas práticas da disciplina de Fisiologia acontecem a cada semestre, então não tínhamos como analisá-las agora, mas nossa equipe visitou os espaços e não constatou nenhuma irregularidade?, disse.

Fonte: Pollyana Carvalho