Danilo Gentili, do ""CQC"", é novamente agredido por policiais durante manifestação

Danilo Gentili, do ""CQC"", é novamente agredido por policiais durante manifestação

O humorista e os manifestantes foram recebidos com ""naturalidade""

Depois de ser agredido por guardas municipais em São Bernardo do Campo, no dia 22 de junho, Danilo Gentili se envolveu em uma nova confusão. Desta vez, ele esteve em Analândia, interior paulista, acompanhado de manifestantes. Segundo o jornal "Agora", o grupo foi à prefeitura protestar contra o prefeito Luizinho Garbuio e seu primo, o ex-prefeito e atual chefe de gabinete, Beto Perin, acusados de corrupção. Vestido de boneco, Gentili teria sido agredido pela PM durante a ação.

Segundo Perin disse ao jornal, o humorista e os manifestantes foram recebidos com "naturalidade", mas perderam o controle ao descobrirem que o prefeito estava viajando. Para contê-los, ainda de acordo com Perin, foi necessário reforço policial do município vizinho, Rio Claro.

"A polícia empurrou o Danilo Gentili. Ele queria me agredir", disse à publicação. À noite, Danilo Gentili e representantes da prefeitura deram entrada em boletins de ocorrência.

Fonte: Ego, www.ego.com.br