Duas pessoas são amputadas por dia no HUT; 644 em 2012

Duas pessoas são amputadas por dia no HUT; 644 em 2012

“Amputação é o tipo de cirurgia que nenhum médico deseja fazer”, diz ortopedista.

Dados alarmantes. Duas pessoas por dia sofrem amputação no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Somente em 2012, foram realizadas 664 amputações no hospital, a maioria em consequência de acidentes de trânsito.

Amputar a perna foi uma a experiência mais difícil da vida de Daniel. O metalúrgico perdeu um dos membros inferiores por causa de uma imprudência no trânsito, quando acabou sendo atropelado por uma carreta.

O chefe do setor de ortopedia do HUT, ortopedista Wilson Rodrigues, disse que a maioria das pessoas amputadas é jovem. ?O mais grave é que são pessoas com toda uma vida pela frente?, diz ele.

Wilson Rodrigues enfatiza: ?Amputação é o tipo de cirurgia que nenhum médico deseja fazer?.

A amputação é a mais antiga cirurgia da história da medicina. Atualmente são duas as principais causas da amputação: complicações vasculares e circulatórias e acidentes de trânsito, em especial os que envolvem motocicletas.

Fonte: Portal Meio Norte