Idoso vai operar ouvido e é submetido a vasectomia por engano

Valdemar Lopes de Morais vai receber R$ 90 mil em indenização

Valdemar Lopes de Morais foi internado para um exame no ouvido e acabou sendo submetido a um procedimento de vasectomia. O caso de erro médico aconteceu no norte de Minas Gerais. O idoso receberá uma indenização no valor de R$ 90 mil.

O processo corria na Justiça desde 2003, mas só agora o idoso conseguirá ser ressarcido em relação ao caso. Em 2007, a Policlínica Municipal e o médico responsável pelo erro foram condenados, mas recorreram da decisão e o caso foi parar no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

O equívoco aconteceu por conta de uma letra no nome do paciente. Morais, que estava sentado na recepção da policlínica, teria ouvido uma enfermeira chamar pelo nome de "Aldemar" e achou que fosse ele. Então, o idoso se apresentou à equipe médica e foi levado ao bloco cirúrgico, onde passou por uma cirurgia de vasectomia.

Ainda conforme Morais, ele precisou tirar as roupas, mas achou que fosse porque o problema no ouvido fosse reflexo de uma caxumba que teve na infância. Ele só soube que teria passado por um processo de esterilização após ter alta da unidade de saúde.

O caso da cirurgia errada ganhou repercussão na cidade e trouxe transtornos ao idoso.


Image title


Fonte: Com informações do R7