Instituto Federal do Piauí oferece 245 vagas de Especialização; confira

Instituto Federal do Piauí oferece 245 vagas de Especialização; confira

Os interessados devem ser diplomados em Curso Superior, conforme especificidade de cada curso.

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal do Piauí divulgou ontem, 8, edital do Programa de Pós-Graduação Lato Sensu/2012. São oferecidas gratuitamente 245 vagas em 5 campi. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 4 de abril.

As especializações oferecidas são em Atividade Física e Saúde, no campus Floriano; Docência do Ensino Superior, em Parnaíba e Piripiri; Ciências Ambientais, em Uruçuí, e Computação Aplicada, Matemática e Gerenciamento de Recursos Ambientais, no campus Teresina Central.

Os interessados devem ser diplomados em Curso Superior, conforme especificidade de cada curso, e apresentar no ato da inscrição formulário próprio, curriculum vitae comprovado, comprovante do Diploma do Curso Superior seguido do histórico escolar, cópia da carteira de identidade, uma foto 3x4 recente e comprovante do pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 40,00.

A seleção será através de prova escrita, realizada no dia 14 de abril, e análise do curriculum. O resultado deverá ser publicado no site da instituição (www.ifpi- .edu.br) no dia 23 do mesmo mês.

PI se inscreve no ?Jovens Talentos para a Ciência?

O Instituto Federal do Piauí já está inscrito no Programa ?Jovens Talentos para a Ciência?, lançado pela parceria CAPES/CNPq no último dia 5, com o projeto de oferecer 6.000 bolsas de estudos distribuídas às Universidades Federais e aos Institutos Federais. O objetivo é inserir precocemente os jovens alunos no meio científico.

Podem participar da seleção, que será através de prova de conhecimentos gerais, alunos que tenham ingressado nas Universidades ou Institutos Federais no primeiro período letivo de 2012. As inscrições serão entre os dias 12 e 23 de março.

Os alunos selecionados receberão bolsa no valor de R$ 360,00, durante 12 meses. A expectativa é de que os bolsistas desse programa estejam aptos após um ano a passarem para as bolsas de Iniciação Científica, PIBID ou Programa Ciência sem Fronteiras.

Fonte: Jornal Meio Norte