Imagens de Gomes entubado são divulgadas; hospital critica

O hospital reclama da exposição da privacidade do paciente

O estado de saúde Ricardo Gomes melhora a cada dia. O técnico do Vasco, que sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral), no dia 28 de agosto durante o clássico com o Flamengo, já respira sem ajuda de aparelhos e pode até ter alta do CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do Hospital Pasteur, na Zona Norte do Rio, na próxima segunda-feira. Mas, imagens do treinador entubado e em um momento crítico da sua recuperação foram divulgadas neste sábado. A direção da unidade hospitalar não gostou da divulgação das fotos e soltou uma nota contra a publicação.

O Hospital Pasteur, que assina em conjunto com a família de Ricardo Gomes, reclama da exposição da privacidade do paciente, alega que sempre procurou divulgar boletins e todas a informações sobre o caso e garante que as imagens divulgadas não retratam o atual quadro de saúde do técnico do Vasco.

Segue a nota do hospital na íntegra.

Hospital Pasteur, 10 de setembro de 2011.

Em relação às imagens divulgadas hoje (10), pelo Jornal O Dia/Marca, do paciente Ricardo Gomes, a direção do Hospital Pasteur e a família de Ricardo Gomes manifestam grande repúdio e indignação por esse tipo de publicação, na qual expõe a privacidade do paciente.

O hospital esclarece que, é veementemente contra a sua política qualquer tipo de veiculação de imagens de pacientes internados, sem a prévia autorização dos mesmos, ou de seus representantes legais. Além disso, as fotos divulgadas no jornal O Dia/Marca de hoje, não retrataram o atual quadro de saúde do paciente. Ricardo Gomes está lúcido, colaborativo, respira espontaneamente, pronuncia algumas palavras e fica grande parte do dia sentado em poltrona, fatos que contradizem totalmente as imagens publicadas por esses veículos.

Vale ressaltar, que durante todo esse período de internação do paciente Ricardo Gomes, o Hospital Pasteur vem mantendo uma rotina de informação pública de seu quadro de saúde, através da emissão de boletins médicos diários, pela sua assessoria de imprensa. Contudo, a filosofia do hospital sempre esteve respaldada na transparência, no respeito, na ética e na preservação da privacidade do paciente e seus familiares.

Essa forma de divulgação sensacionalista, desrespeitosa e agressiva compromete o vínculo de confiança entre as instituições, além de desgastar todo um processo sério e competente de terapêutica e acolhimento.

Fonte: UOL