Incidência da Aids entre jovens brasileiros cresce, revela pesquisa

O teste é feito em mais de 500 Centros de Testagem e Acompanhamento, os CTAs, gratuitamente.

Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde aponta que, embora a Aids esteja com tendência para estabilização, o número de casos aumentou 40% entre jovens brasileiros, na faixa de 15 a 24 anos, desde 2006.

A pesquisa feita com 12 mil pessoas revelou que, ainda que 94% dos brasileiros sabem que a camisinha é a melhor alternativa para prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, 45% dos entrevistados confessaram não usar preservativo nos últimos 12 meses. Nestes sete anos, os jovens têm adquirido mais parceiros, enquanto que a proteção se tornou menor, sinalizando a falta de conhecimento e de cuidado para o perigo da doença. Aproximadamente 12 mil brasileiros morrem por ano em decorrência da doença e a estimativa é de que cerca de 300 mil pessoas tenham Aids sem saber.  

O Ministério da Saúde promove campanhas para a realização do exame que detecta a doença e para o uso da camisinha. Inclusive, a campanha contra a Aids no Carnaval já está sendo divulgada nas ruas. O lema nas redes sociais é "Partiu, teste".

O teste é feito em mais de 500 Centros de Testagem e Acompanhamento, os CTAs, gratuitamente.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: O Povo