"Infelizmente a droga ganhou", diz ex-mulher de Chorão durante enterro

Graziela negou que Chorão estivesse envolvido com crack



A mulher do vocalista do Charlie Brown Jr, Chorão, disse que a morte do músico foi causada pelas drogas. "Infelizmente essa praga mundial que é a droga e que está acabando com tudo, ganhou", afimou Graziela Gonçalves durante o enterro, nesta quinta-feira (7). Chorão foi encontrado morto em seu apartamento na manhã de quarta-feira (6). O enterro aconteceu no Memorial Cemitério Vertical, em Santos (SP), cidade natal do vocalista.

No entanto, Graziela negou que Chorão estivesse envolvido com crack. Segundo ela, o músico era usuário de cocaína. "Todo artista quer fazer uma "preza"", justificou ela.

Graziela afirmou ainda que estava apenas afastada de Chorão, e não oficialmente separada. "Eu tentava trazer ele de volta. Toda mulher usa essa artimanha da separação para tentar recuperar e era isso o que eu estava fazendo", disse. "Espero que as pessoas nunca passem pelo que eu, os familiares, o filho e o amigo dele estamos passando. Apesar do exterior bruto, ele era uma pessoa maravilhosa", lamentou.

Morte de Chorão

O enterro do cantor Chorão, que foi encontrado morto na madrugada desta quarta-feira (6), foi realizado nesta quinta-feira (7), em Santos.

Em comunicado, a família do músico afirmou: "estamos unindo nossas forças para superar a dor da lamentável e intempestiva perda. O nosso saudoso Chorão, além do conhecido músico, respeitado pelo mundo artístico, era excelente chefe de família e pai amoroso. Por estas razões sua prematura morte está sendo sentida por todos que o amavam".

"Este não é o momento para se manifestar sobre as causas da sua morte. O momento é de dor, lembrança e homenagem à sua condição de homem que se dedicava a proporcionar alegria a todos que com ele convivia. Agradecemos todas as manifestações de carinho e solidariedade por parte dos amigos, dos seus fãs e dos meios de comunicação", continuou.

Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr., foi encontrado morto, em casa, no bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. O motorista do cantor o encontrou desacordado e telefonou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Polícia Militar recebeu um chamado para averiguação de morte natural na residência do cantor às 5h18. O corpo foi encontrado no local e será examinado pela perícia. Inicialmente, o caso seria investigado pelo 14° DP, mas seguirá com o DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa). As causas da morte ainda são desconhecidas e o laudo sairá em 30 dias.

Fonte: Terra