Início da UPA no Satélite é medida de emergência

Após o fechamento e demolição do Mercado, as obras serão iniciadas, tendo um prazo médio de 5 meses para seu término.

ACOMPANHE A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DE TERÇA-FEIRA (13/05) DO JORNAL MEIO NORTE.

Nesta segunda (12), o Mercado do Satélite foi desativado para que as obras da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro sejam iniciadas. Após o fechamento e demolição do Mercado, as obras serão iniciadas, tendo um prazo médio de 5 meses para seu término.

O Mercado do Satélite já estava condenado pela Vigilância Sanitária já que havia uma infeccção cruzada, pelo fato do Mercado está localizado ao lado do Hospital da região. Ambos os locais estavam expostos a bactérias inapropriadas para cada ambiente.

Fonte: Nadja Uchôa