Integração plena começa nesta quinta-feira em THE

Integração plena começa nesta quinta-feira em THE

O teresinense terá mais opções para se beneficiar do sistema de transporte público.

Mais uma etapa do processo de integração das linhas urbanas de ônibus em Teresina será efetivada a partir desta quinta-feira, 1º de março. A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), implanta a integração plena das linhas entre si, ampliando as opções da população usuária do sistema.

De acordo com o gerente de Planejamento da Strans, José Lopes, com a integração das linhas a cidade foi dividida em quatro zonas. ?A partir desta quinta-feira, as linhas das zonas irão integrar entre si e, com isso, as pessoas terão um serviço mais completo?, enfatiza.

Lopes explica que a cidade está dividida nas zonas A, B, C e D. ?As linhas da zona A, por exemplo, irão se integrar com as linhas das zonas B, C e D. Assim, os usuários terão mais opções de se beneficiar da integração?, reitera.

Só para citar um exemplo, o gerente de Planejamento da Strans ilustra que o usuário que sair no ônibus que faz a linha São Paulo/Miguel Rosa - linha 602 (zona Sudeste) com destino a Santa Maria (zona Norte), contará com quatro opções de linhas para se integrar.

?Nesse caso, o usuário pode descer na Praça do Fripisa e utiliza qualquer uma das quatro linhas que o levam ao seu destino. Ele também poderá se integrar com qualquer outra zona da cidade, com exceção da sua zona de origem?, completa.

O diretor lembra que a integração com o bilhete único obedece ao tempo limite de até duas horas para que o passageiro se beneficie no segundo trecho de sua viagem. É de 1h30, se a distância percorrida no primeiro trecho for de até oito quilômetros, e de duas horas se o percurso for acima de oito quilômetros. A referência é o centro da cidade.

A integração também pode ser feita em qualquer parada de ônibus onde as linhas se cruzam.

Fonte: Jornal Meio Norte