Acusado de matar a namorada, Oscar perde contrato milionário com a Nike

Empresa já tinha rompido contrato com Lance Armstrong no ano passado por causa das acusações de doping.

Acusado pelo assassinato da namorada Reeva Steenkamp, de 29 anos, o sul-africano Oscar Pistorius, de 26 anos, teve o seu contrato com a Nike suspenso pela empresa de material esportivo. Em nota divulgada nesta quinta-feira, a empresa diz que vai acompanhar atentamente o caso do atleta paralímpico até o fim do julgamento em Pretória, na África do Sul.



?A Nike suspendeu o contrato com Oscar Pistorius. Consideramos que devem ser concedidas todas as garantias processuais a Pistorius e vamos seguir monitorando a situação que o cerca?, informou a empresa.

Pistorius é o segundo atleta a forçar a empresa a tomar medidas de suspensão ou rompimento de contrato nos últimos meses. Em outubro do ano passado, a Nike rompeu o contrato com o ciclista Lance Armstrong, heptacampeão da Volta da França e que reconheceu ter se dopado durante a carreira para conquistar os seus títulos. Na ocasião, a empresa disse ter sido enganada por dez anos pelo ciclista e, por isso, optou por romper o contrato.

Pistorius continua sendo julgado no tribunal de Pretória. Nesta quinta-feira, ele esteve no local para tentar obter o pedido de fiança para que ele possa responder em liberdade pelo assassinato da namorada.

Fonte: O Globo, www.oglobo.com.br