Adolescente é estuprada por mais de 30 na Malásia; 13 são detidos

O número frequente de estupros é "extremamente preocupante".

A polícia da Malásia deteve 13 homens e está em busca de outros suspeitos, após denúncias de que uma menina de 15 anos foi estuprada por 38 homens no norte do país, informou a agência de notícias Reuters, citando a mídia local.

Segundo o canal de TV Astro Awani e o jornal "The Star", a agressão aconteceu no último dia 20, quando a menina foi atraída para um barraco vazio em uma área com presença de usuários de anfetamina.

O estupro durou horas, informou o chefe da polícia local, Azham Otham. A polícia investiga se uma amiga da vítima, de 17 anos, também foi estuprada.

Entre os detidos está um pai acompanhado dos dois filhos adolescentes.

Suri Kempel, ativista do grupo de direitos da mulher Sisters in Islam, disse à Reuters que o número frequente de estupros é "extremamente preocupante".

"Meninos estão sendo criados em uma cultura em que ser masculino significa ser agressivo e que é perfeitamente aceitável usar a violência para obter o que quer", disse.

Quase 3 mil casos de estupro foram denunciados à polícia na Malásia em 2012 -- dos quais 52% envolviam meninas com menos de 16 anos, segundo estatísticas policiais.

A pena para estupradores no país é de até 30 anos de prisão e chicoteamento.

Estupros múltiplos são comuns em países da Ásia. Na Índia, duas adolescentes dalits (a casta mais baixa) foram estupradas e depois enforcadas em árvores nesta semana. Policiais estão entre os suspeitos.

Fonte: UOL