Adolescente some e é encontrada morta cercada de objetos sinistros

Crânios e velas também foram encontrados por lá, além de bastante

Jeannette DePalma, de apenas 16 anos, desapareceu em 7 de agosto de 1972, em Springfield (EUA), o que logo se tornou um crime cercado de mistério. Inicialmente achava-se que se tratava de um sequestro comum, mas logo tudo se tornou bem estranho.


Image title

Apenas seis semanas depois o caso começou a ser solucionado, quando um cachorro levou um pedaço do corpo dela em decomposição para o dono e a polícia encontrou o local, descrito por eles como "macabro".

Imediatamente, vários relatórios individuais de policias que foram a cena do crime simplesmente desapareceram. Tudo porque, segundo várias das testemunhas disseram terem visto "objetos de feitiçaria junto ao corpo".

O delegado responsável pelo caso afirmou na época que "não queria começar uma caça as bruxas na cidade dele". Moradores locais afirmam terem visto pessoas estranhas por lá e não descartam nem discos voadores após alguns dos invasores serem descritos como "aliens" por testemunha.

Além disso, o corpo dela foi encontrado em uma espécie de armação de galhos em formato de caixão. Crânios e velas também foram encontrados por lá, além de bastante sangue.

A jovem também foi estrangulada e estuprada. Junto com ela estavam restos de animais mutilados, o que reforça a possibilidade de sacrifício.  O caso foi arquivado dois anos por "falta de provas conclusivas para sua finalização"


Fonte: Com informações do R7