Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 36 mortos

3 terroristas executaram ataque, segundo o governador de Istambul

Um ataque suicida no aeroporto de Ataturk, em Istambul, deixou pelo menos 36 mortos e 147 feridos, de acordo com autoridades da Turquia. O aeroporto, o maior da cidade, fica na parte europeia de Istambul.

Três terroristas executaram o ataque, segundo o governador de Istambul, Vasip Sahin. De acordo com a agência estatal Anadolu, cerca de seis dos feridos estão em estado grave.

No Parlamento turco, Bekir Bozdag, ministro da Justiçã deu alguns detalhes sobre o atentado em discurso transmitido ao vivo pelas redes de rádio e televisão locais. 

Segundo o ministro, um dos terroristas abriu fogo no terminal internacional e outro detonou os explosivos que carregava no próprio local, enquanto um terceiro homem-bomba se explodiu no estacionamento.

Dezenas de ambulâncias foram ao local e, segundo a imprensa turca, taxistas também levaram feridos a hospitais. O Ministério do Interior organizou um centro de crise para monitorar a situação, e todos os voos foram cancelados.

"Estávamos no controle de passaportes. Ouvimos um tiroteio. Começaram a atirar nas pessoas e então se explodiram", disse à emissora CNN Turk a testemunha Mine Iyidinc.

Outra testemunha, Gozde Aydinoglu, também relatou os momentos de pânico que viveu. "Ouvi primeiro tiros, e então uma explosão. De novo tiros e gente correndo por todos os lados", afirmou.

O aeroporto internacional de Ataturk é o 11º do mundo em fluxo de pessoas, registrando cerca de 60 milhões de passageiros no ano passado.


A Turquia tem sofrido uma onda de atentados neste ano, incluindo dois ataques suicidas em áreas turísticas de Istambul atribuídos ao Estado Islâmico, e dois carros-bomba na capital, Ancara, que foram reivindicados por um grupo militante curdo.

No ataque mais recente, um carro-bomba destruiu um ônibus da polícia no centro de Istambul durante a hora do rush da manhã, matando 11 pessoas e ferindo outras 36 perto da principal área turística, uma grande universidade e o gabinete do prefeito.

A Turquia, que faz parte da coalizão liderada pelos Estados Unidos contra o Estado islâmico, também está lutando contra militantes curdos em seu sudeste de maioria curda. (Com agências internacionais)


Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos  (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos  (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos  (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos  (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos  (Crédito: AFP)
Ataque suicida no Aeroporto de Istambul deixa 28 mortos (Crédito: AFP)
Fonte: Uol