Alemanha consegue prender "agente duplo suspeito de espionar para EUA

O homem foi acusado de passar para os Estados Unidos detalhes sobre uma comissão parlamentar da Alemanha que investiga casos de espionagem americana e

Autoridades na Alemanha prenderam um funcionário da agência de inteligência do país acusado de ser um espião dos Estados Unidos.

O chanceler alemão, Frank-Walter Steinmeier, convocou o embaixador americano em Berlim, John B. Emerson, para prestar esclarecimentos sobre o incidente.

O homem foi acusado de passar para os Estados Unidos detalhes sobre uma comissão parlamentar da Alemanha que investiga casos de espionagem americana em território alemão.

A comissão foi instaurada no ano passado depois das revelações de que a Agência de Segurança Nacional americana (NSA, na sigla em inglês) teria grampeado o telefone da chanceler alemã, Angela Merkel, como parte de seu amplo programa de vigilância.

As revelações causaram indignação na Alemanha e um profundo mal estar nas relações diplomáticas com os Estados Unidos.

Merkel

A imprensa alemã afirma que o suspeito preso essa semana é um funcionário de 31 anos da agência federal de inteligência da Alemanha, conhecida como BND.

A promotoria da Alemanha confirmou que o homem foi preso, mas não deu mais detalhes.

Um porta-voz de Merkel disse que ela foi informada da prisão, assim como os membros da comissão parlamentar que investiga as atividades de agências de inteligências internacionais na Alemanha.

"É uma questão séria, claro", disse o porta-voz Steffen Seibert ao jornal Frankfurter Allgemeine.

A revista Der Spiegel disse que o homem teria passado documentos secretos para um contato americano em troca de dinheiro.

Espionagem é um tema particularmente delicado na Alemanha; muitos dos cidadãos da antiga Alemanha Oriental foram espionados sistematicamente pela polícia secreta comunista, a Stasi.

O programa de espionagem da NSA foi revelado em documentos vazados no ano passado pelo ex-funcionário da CIA (agência de inteligência americana) Edward Snowden.

Fonte: Terra