Itália: Resgate encontra dupla de alpinistas mortos no Mont Blanc

Segundo a primeira avaliação dos médicos, os dois alpinistas morreram por causa do frio

Os dois alpinistas franceses presos há oito dias no Mont Blanc foram encontrados mortos nesta quarta-feira pelos serviços de resgate do município italiano de Courmayeur, segundo confirmou o responsável do organismo, Oscar Taiola.

Os alpinistas, que ficaram presos a 4.400 metros de altitude por mais de uma semana, são o guia de montanha Olivier Sourzac, de 47 anos, e sua cliente, uma mulher também francesa de 44.

Segundo a primeira avaliação dos médicos, os dois alpinistas morreram por causa do frio.

Na última quarta-feira, eles partiram em direção ao Linceul, uma montanha na face norte dos Grandes Jorasses, e um dia depois, afetados pelo temporal, entraram em contato com os serviços de socorro da região para pedir ajuda.


Alpinistas franceses presos no Mont Blanc são encontrados mortos

No entanto, as equipes de resgate não conseguiram ter acesso ao local devido ao mau tempo registrado na área, que impedia que um helicóptero sobrevoasse o entorno.

Sourzac contou às autoridades locais que haviam ficado presos na cúpula da montanha e disse que para se proteger tinha conseguido fazer um buraco na neve, motivo pelo qual os serviços de resgate não perdiam a esperança de encontrá-los com vida.

No entanto, segundo Taiola, os médicos confirmaram por volta das 13h no horário local (10h de Brasília) que tanto o guia como sua cliente não conseguiram sobreviver.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br