Aluno receberá R$19 mi de indenização após engravidar professora

A família do menor culpa a escola pelo ocorrido

Um aluno do ensino médio nos EUA irá receber uma indenização de US$ 6 milhões após engravidar uma de suas professoras. Esta quantia é recorde pago por um órgão público americano para casos desse tipo, segundo informações do site “The Independent”.

Já em 2013, a professora de inglês Laura Whitehurst, de 28 anos, confessou seis acusações de que mantinha relações sexuais com menores de idade. Na ocasião, ela ainda lecionava na escola Citrus Valley High School, no estado da Califórnia.

Laura, agora com 31 anos, iniciou suas relações com o aluno em 2012 (Crédito: Ilustração)
Laura iniciou suas relações com o aluno em 2012 (Crédito: Ilustração)

A família do menor culpa a escola pelo ocorrido, pois, segundo o advogado, Vince Finaldo, a instituição e outros funcionários do local sabiam da relação entre os dois. De acordo com o profissional, com medo de que o caso fosse parar na justiça, o colégio fez o acordo em que pagaria a alta quantia. “O tamanho dessa indenização representa a gravidade dos danos causado a este jovem e sua família. Também destaca a má fé extrema e a negligência por parte dos funcionários que fizeram vista grossa para a conduta criminosa e não conseguiram proteger um estudante”, revelou.

Laura, agora com 31 anos, iniciou suas relações com o aluno em 2012, enquanto ele ainda tinha 16. Hoje, os dois dividem a guarda da criança fruto da relação.


Fonte: Repórter Diário