Mãe é acusada de levar filha de 5 anos a câmara de bronzeamento

Mãe é acusada de levar filha de 5 anos a câmara de bronzeamento

Enfermeira da escola descobriu caso após ver queimaduras em Anne

Uma mãe foi presa acusada de deixar sua filha de 5 anos entrar em uma cabine de bronzeamento, provocando queimaduras na garota, segundo a imprensa dos EUA.

Patricia Krentcil, de 44 anos, do estado de Nova Jersey, foi acusada de colocar criança em risco.

O caso foi descoberto por uma enfermeira na escola da menina, Anna, segundo o programa "Good Morning America".

Anna disse que as queimaduras foram provocadas por uma sessão de bronzeamento com a mãe, e a escola chamou as autoridades.

Promotores do condado de Essex disse que provavelmente Patricia cometeu o crime sem conhecimento da clínica de bronzeamento, cujo nome não foi citado.

Patricia nega as acusações, dizendo que levou a garota à clínima, mas não a deixou usar a cabine. Ela argumenta que as queimaduras foram provocadas pelo sol.

Patricia está em liberdade após ter pago fiança de US$ 25 mil, mas responde a processo. Anna está sob custódia do pai.


Americana é acusada de levar filha de 5 anos a câmara de bronzeamento

Fonte: G1