Marido finge ser sua esposa e cria anúncio pedindo estupro dela

Marido finge ser sua esposa e cria anúncio pedindo estupro dela

Residência foi invadida duas vezes e ele chegou pouco após as tentativas

Um norte-americano foi preso acusado de postar um anúncio na internet passando-se por sua esposa e pedindo que ela fosse estuprada. Após os anúncios, ela sofreu duas tentativas de abuso em dois dias seguidos.

A residência do casal, em Twin Cities, Idaho, foi invadida primeiro na madrugada da última sexta-feira (13) por um homem que disse à mulher que "veio para pegá-la".

Ela correu pela casa e se armou com uma pistola, que ele dominou e usou para fazer disparos pela sala. Os dois se bateram, ela recebeu cortes na mão e ele fugiu. Ela então ela chamou a polícia.

O segundo ataque, na tarde de sábado (14), foi semelhante, mas a mulher conseguiu render o invasor, deixando-o na mira da arma, e chamou a polícia. O criminoso disse que tentou abusar da mulher atendendo a um anúncio postado na internet.

A investigação apurou que o marido postou uma anúncio virtual, passando-se pela esposa e pedindo o estupro. O invasor "era orientado a forçar a entrada na casa e estuprar a mulher e não parar por mais que ela resistisse", relatou a polícia ao jornal. O marido também trocou e-mails com os "interessados" - foi quando deu o endereço da residência a eles.

Nas duas ocasiões, o marido estava fora de casa e chegou pouco após os atacantes saírem. Ele foi preso sob uma fiança de US$ 100 mil (R$ 203 mil) e o julgamente deve começar dia 27 de julho.

Fonte: G1