Anão é preso por sedar e abusar sexualmente de mulheres

Anão é preso por sedar e abusar sexualmente de mulheres

O caso começou a ser desvendado pelos policiais há uma semana.

Em Madri, na Espanha, a polícia prendeu um anão, de 48 anos, suspeito de abusar sexualmente de várias mulheres. Ele fingia ser curandeiro, levava as vítimas para a sua casa e as sedava com uma droga potente.

O caso começou a ser desvendado pelos policiais há uma semana, quando uma mulher denunciou que acabara de sofrer abusos sexuais. A vítima explicou que estava no centro de Madri quando foi abordada por um anão, que não levantou suspeitas por estar numa zona bastante movimentada da cidade. Ele fingiu ser um curandeiro.

O suspeito deu um jornal à mulher, que começou a sentir-se muito relaxada e instável. Essa progressiva falta de percepção da realidade pela vítima levou-a a acompanhar o agressor até sua casa. A mulher recorda que o homem bebeu algo, e a obrigou a beber do mesmo, ficando cada vez mais relaxada até perder a noção do tempo.

Fonte: Extra