Antes de matar filhos, homem reclamava sobre separação no Facebook

Michael, de 51 anos, era casado há 10 anos e depois de uma separação conturbada, foi expulso de casa.

Um homem e seus dois filhos foram encontrados mortos em Hampshire, condado da Inglaterra. Michael Pedersen, ex-soldado de cavalaria, havia se separado da segunda mulher, Erica Pedersen, poucas semanas antes da tragédia e ficou furioso ao vê-la beijando outro em uma festa. Como resultado, ele matou Ben e Freya, de apenas sete e seis anos, respectivamente, e, logo em seguida, se suicidou.


Antes de matar filhos, homem reclamava sobre separação no Facebook

Michael, de 51 anos, era casado há 10 anos e depois de uma separação conturbada, foi expulso de casa. De acordo com vizinhos, o ex-soldado não podia se aproximar mais do que cerca de 400 metros de onde morava e, como consequência, teve de ir viver com o filho de seu primeiro casamento, David.

Logo após a separação, Michael deixou em seu Facebook uma mensagem dizendo que tinha vivido um dos piores dias de sua vida e que daria qualquer coisa para voltar no tempo e tentar mudar o acontecido. Essa, no entanto, não foi a única mensagem. Ele também questionou a falta de sentido nas alegações da ex-mulher, referindo-se à traição cometida por Erica.

Segundo um vizinho, que preferiu não se identificar, Erica tinha bebido além da conta em uma festa e acabou beijando outro homem. Uma mulher, que também não quis revelar a identidade, declarou que a ex-esposa de Michael era uma ótima mãe e que o suposto assassino era covarde e gostava de intimidar as pessoas.

Erica, que já havia reclamado do comportamento de seu ex-marido, afirmou ter ligado para a polícia ao notar que as crianças não haviam retornado para casa. Ben e Freya estavam passando o final de semana com o pai e o avô.

Os corpos de Michael e de seus dois filhos foram encontrados por uma mulher que passeava com seus cachorros próximo ao local. De acordo com os detetives que investigam o caso, foram verificadas marcas de facadas nas crianças, assim como no tórax do ex-soldado.

Michael ficou famoso no ano de 1982 ao sobreviver a um ataque feito pelo grupo paramilitar IRA. Ele estava com seu cavalo Sefton, quando um carro-bomba foi detonado em Hyde Park, em Londres. A recuperação extraordinária do animal fez com que o público da época se afeiçoasse ao soldado e ao bicho.

O pai de Erica pede que a privacidade da família seja respeitada, pois todos estão devastados.

Fonte: Tech Tudo