Após atendimento demorado, nigeriano morre na Espanha com suspeitas de ebola

O ebola já matou cerca de 5 mil pessoas nas últimas seis semanas

Após chegar de viagem, vindo da Turquia, um nigeriano morreu ao passar mal e esperar ser atendido durante 50 minutos no chão do Aeroporto Adolfo Suárez, em Madrid, na Espanha. Quando caiu, o homem apresentava tremores. Funcionários não tiveram dúvidas em acionar o alerta de ebola. Na verdade, a causa do seu sofrimento era o rompimento de várias bolas de cocaína que estavam alojadas no seu estômago.

O caso ocorreu no último sábado, mas só agora as autoridades confirmaram que a morte foi causada por overdose. A vítima tinha partido de Istambul no último dia 14 e retorno marcado para o dia 18.

Segundo o jornal "El Mundo", testemunhas disseram que, ao perceber que a vítima estava passando mal, um oficial da guarda civil pegou seus documentos pessoais. Diante da constatação de que se tratava de um Nigeriano, ninguém quis tocar no homem. Equipes de médicas disseram imediatamente que poderia se tratar de um caso de ebola.

O ebola já matou cerca de 5 mil pessoas nas últimas seis semanas, quase todos eles foram infectados com o vírus na África Ocidental.

Clique aqui e curta a página do meionorte.com no Facebook

Fonte: OGlobo