Após massacre, fábrica produz mochila infantil à prova de bala

Estados Unidos seriam destino do item, requisitado após massacre em escola primária.

Uma fábrica em Bogotá, Colômbia, aposta nas encomendas feitas por americanos que têm crianças em idade escolar para incrementar as vendas de mochilas à prova de balas.


Após massacre, fábrica produz mochila infantil à prova de bala

De acordo com o dono da empresa, os pedidos por artigos do gênero cresceram depois do massacre em uma escola no estado americano de Connecticut, quando um atirador matou 26 pessoas, 20 crianças e seis adultos, em dezembro passado.

As mortes desencadearam um debate em todo o país sobre o controle do comércio de armas.

O presidente americano, Barack Obama, prometeu apoiar medidas para proibir a venda de armas de combate.

Fonte: G1