Após proibição, França autoriza gays a doarem sangue no país

França derruba proibição de gays doarem sangue

A França derrubou a proibição a homossexuais do sexo masculino doarem sangue. Até agora, quando um homem respondia no questionário antes da doação que era gay, ele era imediatamente impedido.


A proibição era relacionada ao HIV. A infecção pelo vírus entre gays seria 65 vezes mais alta que entre héteros. As lésbicas não sofriam nenhuma restrição à doação.

Mas ainda haverá diferenças entre doadores gays e héteros. Gays poderão doar desde que tenham tido um único parceiro nos últimos quatro meses.

No Brasil, nos países Estados Unidos, Inglaterra, Japão e Austrália a doação de sangue de homossexuais é permitida se houver um ano de abstinência sexual. No Canadá, as regras são ainda mais rígidas e é exigido cinco anos sem relação sexual.

 

Fonte: 4yourevista